Em um ano, preços dos imóveis sobem 39% no litoral paulista

Enquanto não é possível a aquisição de um imóvel próprio no litoral, o aluguel na praia sempre acaba tornando-se a alternativa a ser escolhida para o período de descanso.

No entanto, a decisão precisa vir depois de muita pesquisa, pois os preços no litoral paulista têm crescido significativamente no período de um ano.

Quer receber mais dicas de decoração e mercado? Clique aqui e cadastre-se

Já o metro quadrado de um apartamento de dois quartos no Guarujá, no entanto, registrou queda de R$ 24 para R$ 22 (Foto: Banco de Imagens / Think Stock)

Segundo o portal ZAP Imóveis, nos últimos doze meses, o metro quadrado para aluguel no litoral paulista subiu 39,3%, variação que foi registrada em apartamentos de dois dormitórios no bairro do Boqueirão, na Praia Grande.

Em novembro deste ano, o valor do metro quadrado era de R$ 27, valor bem acima dos R$ 19 registrados no mesmo mês de 2012. Na comparação mensal, entre outubro e novembro de 2013, os preços aumentaram 14,4%.

Já o mesmo tipo de imóvel na região do Gonzaga, em Santos, também apresentou aumento nos últimos doze meses, de 11,7%. O preço do metro quadrado passou de R$ 26 em novembro de 2012 para R$ 29 em novembro deste ano. Na comparação mensal, a alta foi de 16,4%.

Na contramão deste cenário, a cidade do Guarujá registrou queda no mesmo período analisado. Enquanto no 11º mês de 2012 o preço do metro quadrado de um apartamento de dois quartos custava R$ 24, em novembro deste ano o valor passou para R$ 22, uma redução de 8,3%.

Rio de Janeiro

O aluguel dos imóveis localizados nas mais badaladas faixas de areia da capital carioca também sofreram aumento de preços no último ano.

Em Copacabana, por exemplo, a alta foi de 12,3% no preço do metro quadrado de apartamentos de dois quartos, subindo de R$ 45 para R$ 50 no mesmo intervalo de comparação.

Nas praias de Ipanema e Barra da Tijuca não foi diferente. Enquanto na primeira, o preço do metro quadrado do mesmo tipo de imóvel passou de R$ 59 para R$ 66, uma alta de 11,7%, na última localidade, o valor passou de R$ 35 para R$ 36, uma diferença de 2,4%.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.