Preso em Japeri homem suspeito de espancar mulher em Valença

O homem suspeito de ter agredido brutalmente uma mulher em Valença, no Sul do Rio de Janeiro, foi preso na manhã desta quinta-feira (28) em Japeri, RJ. Segundo informações da Polícia Civil, denúncias anônimas ajudaram os oficiais a chegar até Edson Miguel dos Santos Cunha.

Um cartaz de procurado havia sido divulgado pelo Disque Denúncia nesta quarta-feira (27).

“Meus sinceros agradecimentos aos policiais envolvidos, o Disque Denúncia e à população, que indignada com o ato covarde colaborou com informações para possibilitar a prisão”, disse o comunicado da Polícia Civil que informava sobre a prisão.

O crime aconteceu no último dia 20. Na ocasião, a mulher foi encontrada desacordada na estrada de Barão de Juparanã “com várias lesões”. Ela foi socorrida e está internada na UTI do Hospital Escola de Valença. Familiares informaram que ela está em estado grave.

Edson Miguel dos Santos Cunha é encontrado em Japeri — Foto: Divulgação

“Trata-se de um crime bárbaro, muito violento, em que a vítima foi espancada cruelmente e abandonada na estrada de Barão de Juparanã. Ela foi socorrida pelo Samu, foi desacordada [para o hospital]. Teve momentos em que ela conseguiu declarar, ‘balbuciar’ algumas coisas, o nome do autor. Disse que teria sido agredida por taco de beisebol e está em estado gravíssimo”, explicou o delegado Luciano Coelho dos Santos.

De acordo a Polícia Civil, Edson é subtenente aposentado do Corpo de Bombeiro e pastor de uma igreja evangélica. A vítima pertencia à mesma congregação religiosa. Ainda de acordo com a polícia, o motivo do crime seria para “acobertar o relacionamento extraconjugal que os dois mantinham”.

Edson vai responder por tentativa de feminicídio, por motivo fútil e dissimulação.

Cartaz do Disque Denúncia divulgado para tentar encontrar o criminoso — Foto: Divulgação/Disque Denúncia