São Paulo é um dos 9 mercados imobiliários mais frios do mundo

A crise econômica segue pressionando para baixo os preços de moradia em São Paulo, mas queda foi menor do que em 2015

access_time

1 abr 2017, 08h00

São Paulo – A recessão continua empurrando para baixo os preços do mercado imobiliário brasileiro, de acordo com o último levantamento do Global Property Guide.

A cidade de São Paulo teve a quarta maior queda de preços de moradia em 2016 entre 45 mercados analisados.

O tombo foi de 0,41% no 4º trimestre em relação ao anterior e de 5,51% no acumulado do ano (com ajuste pela inflação).

Na conta nominal, a coisa muda de figura: alta de 0,41% no trimestre e de 0,33% no ano, colocando São Paulo como o 14º mercado mais frio.

Os três mercados imobiliários mais frios do que o brasileiro em 2016, em números ajustados, são Montenegro, Rússia e Catar.

Já os três mercados mais fortes no ano foram Xangai, na China (21,34%), Islândia (12,53%) e Romênia (11,01%).

Na conta ajustada pela inflação, foram 29 altas e 16 quedas no trimestre. Veja quais foram as 7 maiores:

1. Montenegro

Hotel Aman Sveti Stefan , em Montenegro

 

2. Rússia

Vista da cidade de Moscou, na Rússia

 

3. Catar

 

Em Doha, no Catar, operário trabalha em obra da Copa do Mundo de 2022

 

 

4. Brasil (São Paulo)

 

5. Mongólia

4. Mongólia

 

6. Ucrânia (Kiev)

Praça da Independência em Kiev, capital da Ucrânia

 

7. Singapura