Vendas pendentes de moradias nos EUA caem em fevereiro

Economistas consultados previam que as negociações de imóveis residenciais subissem 0,7 por cento

Por
Reuters

access_time

28 mar 2019, 11h40

O número de contratos em andamento para compra de residências nos Estados Unidos caíram inesperadamente em fevereiro e o grande aumento registrado no mês anterior foi revisado para baixo, informou a Associação Nacional de Corretores de Imóveis nesta quinta-feira, 28.

O índice de vendas de moradias pendentes diminuiu para uma leitura de 101,9, uma queda de 1 por cento em relação ao mês anterior. Economistas consultados pela Reuters previam que as vendas de imóveis residenciais subissem 0,7 por cento no mês passado.

A leitura de janeiro foi revisada para baixo para 102,9, dos 103,2 relatados originalmente. Mesmo com a revisão, o aumento de janeiro foi a maior elevação percentual do índice desde outubro de 2010.